mp3 Documentos Curso Video mapa
Volta

Sambutsugue

O Sambutsugue, Hino de Louvor ao Buda, é parte do Sutra do Buda da Vida Imensurável ou Sutra Maior. Nele, o Bodisatva Darmākara louva o seu Mestre, o Buda Lokesvararāja. Os versos do Sambutsugue precedem os 48 votos em que o Darmākara jura salvar todos os seres diante do seu Mestre antes de se tornar o Buda Amida.

SAMBUTSUGUE (Hino de Louvor ao Buda)

1. A face resplandecente do Buda é gloriosa, sua magnificência é infinita, um esplendor radiante como o seu é incomparável.
O sol, a lua e a joia mani, apesar de seu brilho deslumbrante,

2. são completamente ofuscados, como se fossem um monte de carvão.
O semblante do Tatāgata não tem comparação em todo o mundo.
A potente voz do Iluminado ressoa nas dez regiões.

3. Sua observância de preceitos, estudo, diligência, samadi, sabedoria, essas virtudes magníficas não têm quem as iguale, são todas excepcionais e insuperáveis.
Ele medita, profunda e diretamente, no Darma oceânico de todos os Budas.

4. Ele conhece sua profundidade e extensão, e penetra até seu limite derradeiro.
Ignorância, ambição e raiva estão para sempre ausentes do Honrado do Mundo.
Ele é o leão, o mais valente de todos os homens, sua virtude gloriosa é ilimitada.

5. Suas realizações meritórias são vastas, sua sabedoria é profunda e sublime, sua luz surpreende em sua glória e sacode o universo de um bilhão de mundos.
Estou determinado a me tornar um Buda, com realização tal qual a sua, ó rei do Darma.

6. a fim de salvar os seres humanos dos nascimentos e mortes e conduzi-los à libertação.
Minha disciplina de doação, plena atenção, observância de preceitos, perseverança e
diligência, bem como de meditação e sabedoria, há de ser suprema e insuperável.

7. Juro que quando me tiver tornado um Buda, hei de cumprir esse juramento em toda parte.
E a todos os seres tomados pelo medo, proporcionarei grande serenidade.
Ainda que existam Budas, um número inconcebível deles,

8. e multidões de grandes sábios, incontáveis como as areias do Ganges, farei oferendas a todos esses Budas.
Buscarei o supremo Caminho, resoluta e incansavelmente.

9.Mesmo que as terras de Budas sejam inumeráveis como as areias do Ganges, e outras regiões e mundos além desses sejam igualmente numerosos, minha luz há de brilhar em toda parte, permeando todas essas terras.

10. Se for esse o resultado de meus esforços, meu poder majestoso há de ser imensurável.
Quando eu me tiver tornado um Buda, minha terra será a mais rara e admirável, e seu povo, maravilhoso e insuperável. O assento da Iluminação será supremo.

11. Minha terra, sendo o Nirvana, estará acima de qualquer comparação.
Compadecer-me-ei dos seres vivos e tomarei a firme decisão de salvá-los.
Aqueles que vierem das dez regiões encontrarão alegria e serenidade de coração.

12. Ao alcançarem minha terra, eles hão de permanecer serenos e contentes.
Rogo ao Buda que seja minha testemunha e ateste a veracidade de minha aspiração.
Tendo feito meus votos diante do Buda, esforçar-me-ei para cumpri-los.

13. Os Honrados do Mundo das dez direções têm sabedoria livre de impedimentos.
Rogo a esses honrados Budas que prestem testemunho à minha intenção.
Mesmo que eu deva permanecer num estado de extrema dor,

14. resistindo a todas as dificuldades com vigor incansável, realizarei as práticas diligentemente.