mp3 Documentos Curso Video mapa
Volta

KYŌGYŌSHINSHŌ


Caligrafia de Shonin para o Kyogyoshinsho

1) O ensinamento verdadeiro é o Sutra do Buda da Vida Imensurável. O significado central deste Sutra é que Amida, ao criar os Votos Supremos, difundiu amplamente o Tesouro do Darma para todos os seres vivos. Pleno de compaixão pelos seres tolos, escolheu e lhes concedeu o Nome, que é a essência das virtudes. O Buda Shakyamuni veio a este mundo para expor claramente os ensinamentos. Quis, em especial, transmitir a todos os seres o benefício verdadeiro, que é recebido através do Nome Sagrado. Assim, expor o Voto Original do Tatāgata é o propósito central deste Sutra, e o Nome do Buda é a sua essência. (tyūshakuban, p.135)

2) O Outro Poder é o Poder do Voto Original do Tatāgata. (tyūshakuban, p.190)

3) O “ouvir” ensinado no Sutra do Buda da Vida Imensurável quer dizer que os seres vivos ouvem o significado do surgimento do Voto do Buda e de sua realização (isto é, a ação que efetiva a salvação), livres de dúvidas em suas mentes. Isso é o que significa “ouvir”. (tyūshakuban, p. 251)

4) Aquele que recebe a Verdadeira Mente Adamantina transcende as cinco condições da ilusão e as oito condições difíceis e, sem dúvida, obterá os dez benefícios presentes:

4.1 – ser sempre protegido por vários seres invisíveis;

4.2 – ser inundado pelas supremas virtudes [contidas no Nome];

4.3 – converter o mal para realizar o bem;

4.4 – ser protegido pelos vários Budas;

4.5 – ser louvado pelos vários Budas;

4.6 – ser protegido pela Luz da Mente [compassiva do Buda Amida];

4.7 – ter o coração pleno da [verdadeira] alegria;

4.8 – vivenciar a bondade [do Tatāgata] e retribuí-la com gratidão;

4.9 – expressar sempre a Grande Compaixão do Tatāgata;

4.10 – habitar no estágio dos seres cuja realização da condição de Buda está assegurada. (tyūshakuban, p.251)

5) Que alegria é ter o coração enraizado na terra do Buda do Voto que a tudo abrange e mergulhar o pensamento no Inconcebível Oceano do Darma! Percebendo em profundidade a Compaixão do Tatāgata, louvamos a grande bondade dos mestres. Assim, a alegria se eleva e a gratidão se intensifica. (tyūshakuban, p. 473)